'
  • Sem categoria

Ucrânia quer ressuscitar conflito na Transnístria e provocar a Rússia?

Contingente de paz russo na Transnístria

Segundo relata a Interfax, esta declaração foi feita na coletiva de imprensa conjunta com o seu homólogo romeno Klaus Iohannis.

Segundo as palavras do presidente ucraniano, ele já chegou a um acordo com o lado romeno sobre a coordenação de ações quanto à Transnístria – “para contribuir para a descongelação deste conflito, para ajudar a Moldávia independente e soberana a restabelecer sua integridade territorial e reintegrar a região transnistriana”.
Não se especificam os meios como a Ucrânia e Romênia alcançarão este objetivo.
Geograficamente, a Transnístria fica situada entre a Ucrânia e a Moldávia.


Na altura, o conflito armado entre independentistas transnistrianos e o exército moldavo foi parado com a ajuda de contingentes russos. A República Transnistriana conseguiu manter a independência da Moldávia mas não recebeu reconhecimento internacional.

Na zona do conflito congelado têm forças de paz, inclusive militares moldavos, russos e transnistrianos. Os políticos moldavos apelaram repetidamente para a retirada das tropas russas, considerando sua presença como ocupação mas Rússia e Transnístria negaram estas acusações frisando que militares russos são garantes da paz nesta região.
Assim, parece que, se a Ucrânia quiser descongelar o conflito transnistriano para ajudar a Moldávia a restabelecer o controle sobre este território, terá que enfrentar os militares russos do contingente de paz. Tomando em conta o conflito com as milícias independentistas em Donbass no leste da Ucrânia, que somente agora começa a ser regularizado, a decisão de Kiev de envolver-se no conflito transnistriano seria uma ideia puramente precipitada.


O chanceler russo Sergei Lavrov por sua vez acusa Ucrânia de bloqueio econômico da Transnístria e de uma tentativa de forçar autoridades transnistrianas a aceitar as condições da Moldávia. O ministro do Exterior russo frisou que a Rússia e a Ucrânia não são somente moderadores, mas também garantes no conflito entre Chisinau (capital da Moldávia) e Tiraspol (capital da Transnístria) e …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close