'
  • Sem categoria

Putin não precisa ceder ao “ocidente” linha-dura

De Putin observando o front…
Tudo calmo no front ocidental – tão calmo quanto pode ser um conflito entre superpotências mundiais. Desde o acordo de cessar-fogo de fevereiro, há calma relativa na Ucrânia e os eventos em outros pontos – Irã e Iêmen – atraíram o foco global. Mas a relação frígida entre EUA e Rússia não é menos assustadora, e o antagonismo, não a cooperação, permanece comomodus operandi. Parece que os impasses persistirão, no longo prazo, mas algum dos lados tem os meios para suportar esse resultado? E se não têm, quem rachará primeiro?

A avaliação dominante diz que a Rússia não suportará. À primeira e superficial vista, parece ser avaliação justa. O Banco da Rússia prevê que a economia encolherá entre 3,5 e 4% em 2015, e mais 1% em 2016; o rublo, embora estável, continua cerca de 40% abaixo de onde estava em junho do ano passado. No geral, o ex-Ministro das Finanças, Alexei Kudrin, crê que os eventos na Crimeia custarão à economia russa cerca de 200 bilhões ao longo dos próximos três ou quatro anos.

Mas, embora a situação política e econômica esteja coberta de zonas cinzentas, ninguém tem mais talento para converter cinza em verde, que o Presidente Vladimir Putin.

Iniciando seu 16º ano ao timão – estou contando 2008-2012 – Putin enfrenta situação não muito diversa do seu primeiro ano no governo: economia em frangalhos, queda nos padrões de vida, fuga forte de capitais e baixo investimento externo direto. A demografia da Rússia parece bem e o mercado de ações está no pico do corrente ano, mas no curto prazo, os macro indicadores do país não estimulam grandes esperanças.
Aprovação de Putin na Rússia
Agora, como em 2000, Putin …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close