'
  • Sem categoria

Reino Unido espionou a Argentina, revelam arquivos secretos

image_pdf

Líderes militares e políticos argentinos teriam sido vigiados para garantir a segurança das Ilhas Malvinas, de acordo com relatórios vazados por Edward Snowden

O Reino Unido teria espionado a Argentina no caso referente à guerra pela soberania das Malvinas, no Atlântico sul, revelou nesta sexta-feira o site TN, citando arquivos secretos revelados pelo ex-analista de inteligência Edward Snowden.

Nos últimos anos o Reino Unido conduziu “operações secretas, de intercepção, intervenção e outras manobras no país”, afirma o site TN.com.ar em associação com o The Intercept, página que revisa os arquivos vazados por Snowden, ex-operador da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, em inglês).

“Todos somos espionados?”, questiona o portal, que pertence ao Grupo Clarín, o mais poderoso grupo da Argentina. As operações foram realizadas entre 2008 e 2011.

Segundo TN, “a missão era de longa duração e alcance. O objetivo: impedir que a Argentina recupere as Ilhas Malvinas”.

“A nova documentação, inédita até então, expõe como as forças (britânicas) fizeram jogo sujo e se valeram de desinformação sistemática para lançar uma cyber-ofensiva”, indica o TN.

Snowden, atualmente refugiado na Rússia, foi acusado de vazar informações secretas dos Estados Unidos, com dezenas de milhares de documentos sobre a espionagem de cidadãos.

A tensão entre o Reino Unido e a Argentina aumentou na semana passada quando Londres anunciou um aumento dos gastos militares nas ilhas.

Por sua vez, a Argentina anunciou na quinta-feira a abertura da documentação secreta referente à guerra, 33 anos após o início do conflito.

“Vamos abrir toda a informação existente sobre as ilhas Malvinas e que está em poder das Forças Armadas”, disse a presidente Cristina Kirchner no Ushuaia (3.500 km ao sul) no ato pelo Dia do Veterano de Guerra e dos Mortos nas Malvinas.

De acordo com um decreto assinado por Kirchner, o ministério da Defesa terá um prazo de 30 dias para disponibilizar …read more

Leia mais: Defesa Aérea & Naval

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close