'
  • Sem categoria

Rússia prepara o mais perigoso ‘assassino de porta-aviões’

Submarino estratégico da classe Borei, Yuri Dolgoruky (foto de arquivo)

Os engenheiros da fábrica militar russa Dagdiesel projetaram um novo torpedo que será testado no fim desse ano, declarou o diretor-geral da entidade, Raul Ilyasov.

A fábrica se especializa na produção de torpedos que podem ser utilizados nos submarinos nucleares Borei e Yasen. Ultimamente, Dagdiesel se tem concentrado na fabricação de torpedos autoguiados submarinos Futlyar, de 533 milímetros.

Новейшая глубоководная самонаводящаяся торпеда “Футляр» пройдет испытания и поступит на вооружение в 2018-омhttps://defendingrussia.ru/a/bojevyje_korabli_osnastjat_glubokovodnoj_torpedoj_futljar_v_2018_godu-6715/


Os submarinos de quarta geração Borei e Yasen serão equipados com este projetil, mais tarde os submarinos de gerações anteriores também serão equipados com o mesmo torpedo. Porém, de acordo com o correspondente militar da edição russa Svobodnaya Pressa, Vladimir Tuchkov, a fábrica não irá criar um torpedo a partir do zero. A arma será provavelmente uma versão modernizada do Futlyar.

Está previsto que a arma substituirá uns torpedos anteriores chamados Fisik. Os projetis deste tipo entraram em serviço da Marinha Russa em 2015 e substituíram os obsoletos USET-80, projetados ainda em 1980. Com uma velocidade de até 83 km/hora, estes torpedos elétricos de 533 milímetros e 300 quilogramas de carga têm um alcance de apenas 18 quilômetros. Ao mesmo tempo, contam com uma profundidade máxima de operabilidade de até 1.000 metros. …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close