'
  • Sem categoria

Russos acreditam que a NASA sabotou sua nave acoplada à Estação Espacial Internacional

Russos acreditam que a NASA sabotou sua nave

Recentemente foi reportado aqui no OH a respeito de um vazamento de ar encontrado na Estação Espacial Internacional (sigla em inglês, ISS), o qual descobriu-se ter sido feito propositalmente com uma broca.

Agora, a agência russa Roscosmos insinuou que algum astronauta da NASA tenha sido responsável pelo ocorrido.

Veja a reação do astronauta da NASA, líder da missão:

Cosmonautas da estação espacial taparam um pequeno buraco no módulo orbital superior da sonda Soyuz MS-09 (à esquerda) em 30 de agosto de 2018. Autoridades espaciais russas disseram que o buraco provavelmente foi causado por uma broca. Atualmente, os investigadores estão tentando descobrir exatamente o que aconteceu. Crédito: NASA / Space.com

O líder da atual missão a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) está reagindo fortemente contra a sugestão de que ele ou um de seus colegas de tripulação tenha causado o recente vazamento de ar do laboratório em órbita. “Eu posso dizer inequivocamente que a tripulação não teve nada a ver com isso”, disse o astronauta da NASA Drew Feustel, comandante da expedição 56 da ISS, durante uma entrevista solo-terra com a ABC News em 11 de setembro. “Eu acho que é absolutamente uma vergonha e um tanto embaraçoso que alguém esteja perdendo tempo falando sobre algo em que a equipe estava envolvida.”
A história do vazamento teve algumas reviravoltas nas últimas semanas, então vamos começar do princípio.
Na noite de 29 de agosto, os controladores da ISS no solo notaram uma leve queda de pressão a bordo do posto avançado orbital. Eles notificaram a tripulação no dia seguinte, e os pilotos espaciais rapidamente rastrearam o problema até um pequeno buraco em uma espaçonave russa Soyuz atracada ao laboratório em órbita.
O Cosmonauta Sergey Prokopyev, o comandante da Soyuz, remendou o buraco de 2 milímetros (0.08 polegadas) usando epóxi e gaze em 30 de agosto, aparentemente …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close