'
  • Sem categoria

Fragata KNM ‘Helge Ingstad’ da Noruega colide com petroleiro

Fragata KNM Helge Ingstad
Fragata KNM Helge Ingstad

A Noruega evacuou todos os 137 tripulantes do navio de guerra depois que ele colidiu em um fiorde com um petroleiro maltês

Oito pessoas ficaram levemente feridas na colisão no Hjeltefjord, perto de Bergen. A fragata KNM Helge Ingstad (classe Fridtjof Nansen) está adernando perigosamente.

O navio de guerra estava voltando dos exercícios militares da Otan. O petroleiro, o Sola TS, foi ligeiramente danificado e parece que não derramou óleo.

O incidente levou ao fechamento de um grande terminal de petróleo e uma usina de gás.

Os dois navios colidiram por volta das 04:00, horário local (03:00 GMT), enquanto a fragata estava navegando em fiordes internos para treinamento, segundo autoridades.

O petroleiro já havia deixado o terminal de petróleo da Equinor em Sture com uma carga de petróleo bruto do Mar do Norte, informou a agência de notícias Reuters.

“Devido aos danos causados ​​à fragata, ela foi levada para um lugar seguro”, disse o Comando Marítimo Aliado da Otan em um comunicado.

O petroleiro, que tem uma tripulação de 23 pessoas, retornou ao porto para inspeção.

Não ficou imediatamente claro o que causou a colisão.

Petroleiro Sola TS

O terminal de exportação de petróleo Sture, bem como a usina de gás Kollsnes e vários campos de petróleo offshore, foram desativados por precaução, mas retomaram a operação na tarde de quinta-feira, informou a Equinor em comunicado.

O terminal de Sture é um importante porto petroleiro, com quase 25% da produção de petróleo da Noruega passando pela instalação.

Enquanto isso, a fábrica de Kollsnes processa gás de vários campos para vários países europeus, incluindo o Reino Unido.

Não se soube imediatamente como o fechamento temporário das instalações afetaria os preços do gás no atacado.

Um funcionário não identificado disse à agência de notícias AFP que uma “pequena mancha de óleo” foi detectada na fragata.

“Ele embarcou muita água e há um perigo real …read more

Leia mais: Poder Naval

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close