'
  • Sem categoria

O Reino Unido viola flagrantemente as normas de um comportamento decente

por Peter Korzun

A Rússia e a Venezuela encontram-se entre os países a quem a União Europeia, incluindo a Grã-Bretanha, impôs sanções. Esses dois países foram alvo de vigorosos ataques de Londres, acusados de inúmeras coisas nefandas que, alegadamente, terão feito. O Reino Unido insiste que todos obedeçam às regras. Entretanto, Londres troça das normas comummente aceites nas relações internacionais.

O governo da Venezuela procura repatriar , pelo menos 14 toneladas de ouro, guardadas no Banco de Inglaterra. Há pouco tempo, pediu para libertar as barras de ouro, no valor de 420 milhões de libras esterlinas, ou seja, 550 milhões de dólares. Foi um pedido correto e atempado, quando ocorreu a nova ronda de medidas punitivas que Washington impôs recentemente a Caracas. O Banco recusou-se a satisfazer esse pedido!

Segundo noticiado, os funcionários do Reino Unido insistiram em que a Venezuela clarificasse as suas intenções em relação ao ouro. Londres suspeita que o presidente Maduro, da Venezuela, congemina planos para vender o tesouro nacional em benefício próprio. Também usa um subterfúgio para explicar porque é que a propriedade venezuelana não foi devolvida ao seu dono. O Reino Unido diz que é muito difícil obter um seguro para o embarque duma carga tão grande. Mesmo que a Venezuela consiga reaver o ouro, será muito difícil usá-lo, encontrar uma divisa forte por causa da nova ronda de sanções norte-americanas anunciadas a 1 de novembro. Com as punições em curso, será impossível vender o ouro diretamente a partir do Banco de Inglaterra.
O Reino Unido sabe muito bem quem deverá ser o suspeito do quê e quem poderá ser de confiança para devolver a propriedade ao seu dono. Se não é roubo, então o que é? As regras do comportamento civilizado, dizem vocês? Esqueçam, compete …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close