'
  • Sem categoria

Trump concorda em não aumentar as tarifas sobre a China depois de encontro com Xi Jinping

A Casa Branca disse no final do sábado (1) que o presidente Trump e o presidente chinês, Xi Jinping, haviam concordado com uma trégua na atual guerra comercial, e Trump concordou em não elevar as tarifas ainda mais. Ambos os presidentes chamaram a reunião de “muito bem-sucedida”, embora a declaração da Casa Branca tenha omitido quaisquer detalhes.

O comunicado de sábado disse que a China concordou em comprar uma quantidade “muito substancial” de produtos americanos, incluindo “produtos agrícolas de nossos agricultores imediatamente”.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, disse que os dois líderes concordaram em abordar várias questões, incluindo a necessidade de proteger a chamada “propriedade intelectual”, uma questão importante para empresas americanas preocupadas em perder tecnologia competitiva. Outras questões incluem “mudanças estruturais no que diz respeito à transferência de tecnologia forçada, barreiras não-tarifárias, intrusões cibernéticas e furto cibernético, serviços e agricultura”. As discussões começarão imediatamente com o objetivo de conclusão dentro de 90 dias.

As tarifas de US$ 200 bilhões em produtos chineses devem saltar de 10% para 25% após 1º de janeiro de 2019.

Os dois lados têm brigado desde março, quando Trump começou a ameaçar tarifas sobre produtos importados da China.

Após as negociações em maio, a China e os EUA fizeram uma declaração similar a de sábado. Em 19 de maio, os dois países disseram que a China “aumentaria significativamente” as compras de produtos americanos, destacando a agricultura e a energia. No dia seguinte, o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, declarou que a “guerra comercial está suspensa”.

A Casa Branca disse que Xi concordou em designar o fentanil como uma substância controlada, o que significa que as pessoas que vendem fentanil para os EUA estarão sujeitas à pena máxima da China sob a lei. O Sr. Trump estava pressionando pela designação.

O comunicado da Casa Branca também disse que Xi …read more

Leia mais: Forças Terrestres

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close