'
  • Sem categoria

Reflexões acerca do futuro da produção petrolífera mundial

por Jean Laherrère
Auzanneau relembra-nos que a história do petróleo é também a história da era industrial moderna, na qual políticos de todo o espectro consagraram o crescimento econômico como o objetivo das políticas desenvolvidas. Todos governos prometem crescimento económico, sem dizer de onde ele virá. O crescimento é assumido como sendo o crescimento do PIB, e por um durante muito tempo supunha-se que o PIB viesse do capital e do trabalho. Mas os economistas Reiner Kümmel e Robert Ayres mostraram que o consumo de energia, em particular do petróleo, é a principal força por trás do crescimento do PIB. Estes economistas concluem que nossa sociedade de consumo é baseada em energia barata. E a estreita correlação histórica entre o crescimento da energia, especialmente o petróleo, e o crescimento da economia global sustenta sua conclusão.
Os “trinta anos gloriosos”, como são chamados em França, cobriram o período de 1945 a 1973 – do final da Segunda Guerra Mundial ao primeiro choque petrolífero – quando o crescimento da produção mundial de petróleo era em média de 7,5% por ano. Compare-se isso com o crescimento médio de 1,1% (excluindo petróleo extra pesado) com o período 1983-2017, que poderia ser chamado de “os trinta anos laboriosos”. O crescimento do PIB tornou-se mais difícil de alcançar e os economistas preocupam-se agora com o que chamam de “estagnação secular” , muitas vezes sem qualquer compreensão das mudanças subjacentes na indústria do petróleo. A manutenção do crescimento tornou-se altamente dependente de flexibilização quantitativa, taxas de juros baixas e cortes de impostos, os quais são problemáticos a longo prazo.

Os Estados Unidos como uma superpotência energética, económica e militar

Auzanneau conta a história de como, desde o início, a indústria petrolífera global foi dominada pelos Estados Unidos; o seu livro também …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close