'
  • Sem categoria

A ascensão imprevisível da China

(Artigo de Daniel Blumenthal, diretor de Estudos Asiáticos no American Enterprise Institute. Entre 2001 e 2004 foi o diretor sênior para China, Taiwan e Mongólia do Departamento de Estado Americano)

Desde o fim da Guerra Fria, Pequim vê os Estados Unidos como seu principal rival geopolítico, mas o governo de Washington só recentemente despertou para essa competição estratégica. Mas à medida que os observadores americanos começam a ver as ambições da China com mais clareza, eles também começaram a diagnosticar erroneamente os desafios que representam. Cientistas políticos estão discutindo a “teoria da transição de poder” e a “armadilha de Tucídides”, como se a China estivesse prestes a eclipsar os Estados Unidos em riqueza e poder, deslocando-os no cenário mundial. Existem dois problemas contraditórios com essa visão.

A primeira é que não é assim que os próprios chineses entendem sua ascensão. Quando o presidente chinês, Xi Jinping, pede que os chineses realizem o “sonho chinês de rejuvenescimento nacional”, ele está articulando a crença de que a China está simplesmente reivindicando sua importância política e cultural natural. A China não está, como já foi dito da Alemanha Imperial depois de sua unificação, “buscando seu lugar ao sol”. Em vez disso, está retomando seu lugar de direito como o sol.

A segunda é que é a questão em aberto se a China alcançará o rejuvenescimento diante de uma economia aparentemente estagnando e de um facciosismo partidário. Xi é mais poderoso que seus antecessores, mas seu domínio também é mais frágil. O Partido Comunista Chinês (PCC) enfrenta há tempos uma crise de legitimidade, mas a transformação da China em um estado policial de alta tecnologia pode acelerar essa crise. Esses fatores se combinam para tornar a China mais perigosa no curto prazo, mas também menos competitiva a longo prazo. Isso significa que a República Popular …read more

Leia mais: Forças Terrestres

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close