'
  • Sem categoria

QUAL É O PROPÓSITO DOS ESTADOS UNIDOS EM RETIRAR TROPAS DO AFEGANISTÃO?

Os republicanos apresentaram ao Congresso dos EUA um projeto de lei para acabar com as hostilidades no Afeganistão, que vem acontecendo desde 2001.

Se a lei for promulgada, os Estados Unidos devem declarar … a vitória no Afeganistão e, dentro de 45 dias, desenvolver um plano para a retirada de todo o pessoal militar dos EUA daquele país dentro de um ano. Esta iniciativa pretende estabelecer a “base para a reconciliação política a ser realizada pelos afegãos”.


Ele também prevê a anulação da permissão para usar a força militar contra os terroristas de 2001, concedida pelo Congresso ao presidente após os ataques de 11 de setembro. Em outras palavras, planeja-se não apenas retirar todas as forças militares americanas do Afeganistão, mas também deixá-lo em paz.

O projeto de lei prevê que o governo federal pagará um subsídio em dinheiro no valor de US$ 7,5 bilhões a mais de 3 milhões de militares (2,5 mil cada) participando de operações no Afeganistão durante o ano.

Precisamos aplaudir?

Segundo os legisladores, a guerra interminável enfraquece a segurança nacional dos Estados Unidos, leva a um rápido aumento da dívida pública e cria novos inimigos. Os republicanos estão convencidos de que chegou a hora de “declarar a vitória”, que os americanos, dizem eles, “há muito tempo” alcançou no Afeganistão, para devolver soldados e instrutores militares em casa e no futuro “em primeiro lugar, levar em conta as necessidades da America”. Desde 2001, mais de 2,3 mil soldados dos EUA foram mortos no Afeganistão, e toda a operação custou mais de 2 trilhões de dólares.

Comentando este projeto, The National Interest escreve com satisfação que os militares dos EUA alcançaram seus principais objetivos. Bin Laden está morto. A Al Qaeda foi aleijada. O Departamento de Defesa informou em junho passado: “A ameaça da Al Qaeda aos Estados Unidos, seus aliados …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close