'
  • Sem categoria

Putin disse que vai comprar 76 caças Su-57 até 2028

Sukhoi Su-57

“O programa de armas até 2028 planejava comprar 16 dessas aeronaves”, lembrou Putin. Segundo ele, depois de analisar a situação, o ministro da Defesa, Sergei Shoigu informou que os fabricantes reduziram o custo de aeronaves e armas em 20%, o que resultou na compra de mais aviões de combate dessa classe. “Nós concordamos que compraríamos no mesmo período de tempo 76 aeronaves sem aumentar o custo”, disse Putin.

O chefe de Estado enfatizou que a indústria de defesa russa não fez nada parecido nos últimos quarenta anos em tal escala e em uma nova plataforma. Ele expressou a esperança de que os planos ajustados sejam executados. “Em um futuro próximo, será assinado um contrato para um fornecimento integrado de 76 caças, equipados com modernos meios de destruição e providos de infra-estrutura terrestre necessária”, disse o chefe de Estado.

O presidente lembrou que a indústria está se concentrando no desenvolvimento de aeronaves modernas, que determinam o potencial de combate da aviação militar russa para a próxima década. “Na fase final de testes estão os caças multimissão Su-35S e Su-57”, disse o líder russo, observando que suas características de combate são as melhores do mundo. Ele disse que até 2028 será necessário reequipar completamente os três regimentos de aviação da VKS com promissores complexos de aviação de quinta geração.

Putin também observou que em fevereiro de 2018, o bombardeiro Tu-160M ​​atualizado fez seu primeiro voo. Putin também pediu o aumento das capacidades de combate das aeronaves e helicópteros militares, com a ajuda de capacidades existentes e modernização efetiva. Segundo ele, o poder do caça interceptador MiG-31 aumentou significativamente, com base no promissor complexo de aviação Dagger, um míssil balístico hipersônico.

De acordo com o presidente, também é necessário atualizar consistentemente as lançadores de mísseis estratégicos Tu-95, Tu-160 e os bombardeiros de longo alcance Tu-22M. “Todos …read more

Leia mais: Poder Aéreo

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close