'
  • Sem categoria

Nova descoberta sobre Planeta X: astrônomo afirma ter identificado órbita do 9º astro

Planeta Nove hipotético (imagem ilustrativa)

Um astrônomo afirmou conhecer a órbita do gélido Planeta X, também conhecido como ‘nono planeta’ do nosso Sistema Solar, apesar de não existirem observações conhecidas do hipotético astro.

O Planeta X é um mundo teórico que teria cerca de dez vezes a massa da Terra, orbitando a extremidade mais distante do Sistema Solar, no Cinturão de Kuiper.


Segundo o tabloide Express, o fato de esse planeta invisível ser tão grande explicaria por que alguns corpos celestes do Cinturão de Kuiper parecem se aglomerar como se estivessem experimentando a gravidade de um grande planeta.

A existência de um nono planeta foi sugerida pela primeira vez em 2016 por astrônomos do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), nos EUA. O professor Michael Brown, que originalmente inventou a teoria do astro em questão, está certo de que os cientistas não estão muito longe de finalmente descobrir o hipotético planeta.

Durante uma entrevista, Michael Brown revelou que está bastante otimista quanto à identificação da órbita do Planeta X.

“Se soubéssemos exatamente onde ele [Planeta X] está, não teríamos que deduzir, apenas iríamos olhar para ele e dizer: ‘Olha, lá está ele'”.

“Não sabemos exatamente onde se encontra, porque tudo o que sabemos é o seu efeito gravitacional prolongado sobre outros corpos […] Conhecemos muito bem sua órbita por causa de todas essas simulações computacionais, que mostram que, se não fosse suficientemente maciço, não afetaria o Sistema Solar exterior”, complementa.

“Por isso, podemos deduzir todos esses detalhes a partir das simulações computacionais detalhadas que temos feito”, finaliza.

De acordo com o astrônomo, o Planeta X segue uma órbita elíptica muito além das franjas do Cinturão de Kuiper – cuja maior aproximação do Sistema Solar mede sete vezes a distância do Sol a Netuno. Devido a essas incríveis distâncias, a gravidade do nono planeta não tem impacto em nenhum outro, muito menos …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close