'
  • Sem categoria

Marinheiros russos estavam tomando banho de sol em destróier que quase se chocou com cruzador americano

Marinheiros russos tomando sol no convés de voo do Almirante Vinogradov

Um vídeo de um destróier russo chegando a cerca de 20 metros de um navio de guerra dos EUA na última sexta-feira (7/6) mostrou mais do que apenas um contato imediato entre as grandes potências do mar filipino. Observadores próximos viram rapidamente o que pareciam ser marinheiros russos tomando sol no heliponto do destróier na popa do navio.

O vídeo da aproximação dos navios, divulgado pela Marinha dos EUA, mostrou dois indivíduos no navio russo que parecem estar sem camisa com um sentado em uma cadeira de praia.

Naquele mesmo momento, a Marinha dos EUA disse que o destróier russo estava acelerando pela popa do USS Chancellorsville e fechando a uma “distância insegura” entre 15 e 30 metros, forçando o cruzador de mísseis guiados dos EUA a executar manobras de emergência para evitar uma colisão.

Um almirante russo aposentado argumentou na segunda-feira que os marinheiros russos tinham todo o direito de tomar sol porque o navio não estava em guerra.

“Há um tempo para a guerra e um tempo para tomar sol”, disse o almirante Valentin Selivanov, ex-chefe de gabinete da Marinha Russa, a uma agência de notícias financiada pelo governo russo.

“Os marinheiros e oficiais almoçaram. Eles estão em seu intervalo pós-almoço, satisfeitos por estarem servindo no sul”, explicou.

Destróier Almirante Vinogradov passando à curta distância do cruzador USS Chancellorsville

O almirante disse que “se alguém estava tomando banho de sol, então dezenas estavam também”.

“E sim, você tem que se despir para tomar sol”, acrescentou.

Mesmo os meios de comunicação russos destacaram a presença dos marinheiros sem camisa durante a aproximação, com o canal internacional RT financiado pela Rússia, descrevendo os marinheiros russos como “tomando sol” em letras maiúsculas em uma manchete.

Não são permitidos banhos de sol a bordo dos navios da Marinha dos …read more

Leia mais: Poder Naval

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close