'
  • Sem categoria

Porque Julian Assange está a ser torturado até à morte

Cartoon de Latuff.

– Com o silêncio conivente dos media corporativos
– E diante do mutismo de muitas organizações de jornalistas

por Karen Kwiatkowski
Por que ele está a ser torturado até à morte? Por que ele ainda está a ser submetido a novas variantes experimentais de BZ recém-extraídas de Porton Down e privado, não apenas de amigos, parentes e acesso não supervisionado à sua equipe jurídica, como também de alimentos e cuidados básicos?
A resposta sumária é que ele está detido por conta dos Estados Unidos e está a ser interrogado química e fisicamente em Belmarsh (a Guantanamo britânica), a fim de revelar suas chaves criptográficas privadas e os nomes e informações criptografadas relativas a outras pessoas dentro da rede de informações da Wikileaks. A prisão de Ola Bini em Abril, com novas acusações feitas no mês passado, e a nova prisão e reencarceramento de Chelsea Manning , mostram parte do esforço para encontrar os responsáveis anónimos de fugas informação dos cofres da NSA, especificamente seu esconderijo de ferramentas de hacking revelado em 2016. Isto é indicado na generalidade, mas não completamente apresentado, na acusação dos EUA .
É fascinante que os recentes acordos de confissões negociadas (plea deals) de dois “espiões” da NSA – funcionários do governo que levaram para casa e “armazenaram” grandes quantidades de material da NSA fossem notavelmente leves, quando comparados com o que Julian Assange está a passar e o mdo como Bini e Manning foram e estão a ser tratados.
Um sr. Pho, de 67 anos, que trabalhou como desenvolvedor das Operações de Acesso Personalizado da NSA , declarou-se culpado de uma acusação de remoção intencional de informações de defesa e foi libertado sob fiança antes de no início de …read more

Leia mais: Notícia Final

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close