'
  • Sem categoria

Considerações sobre o poder do Estado e as complexidades do século XXI

Por Cel Alexandre Gueiros Teixeira

A análise do poder constitui-se em ferramenta essencial à compreensão das dinâmicas estatais, endógenas ou exógenas. Trata-se de elemento-chave das relações sociais, cuja complexidade demanda abordagem multidisciplinar e integrada.

É por tal relevância que, desde a Antiguidade até o presente, muitas têm sido as tentativas de compreendê-lo e exercê-lo. Do cálculo estratégico-militar de Sun Tzu, passando pelo “Equilíbrio de Poder” de Richelieu, até a guerra híbrida do século XXI, ficam evidentes suas múltiplas matizes, comprovadas pela variedade semântica de sua base filosófico-conceitual.

Hannah Arendt, por exemplo, afirma que o poder advém do consenso exercido no espaço público. Prioriza o princípio da ação conjunta ao vigor individual; a capacidade de atração à coação. Para a autora, quanto maior a capacidade colaborativa, mais perenes, fortes e legítimas serão as relações de poder.

Por outro lado, para Weber, poder está diretamente associado ao conflito e à força. Afastando-se do ideal kantiano de Arendt, o autor advoga que Estados e indivíduos convivem em ambiente naturalmente beligerante, onde o singular prepondera sobre o plural. A luta, portanto, é a forma pela qual o poder se evidencia plenamente, importando, somente, o desenvolvimento de capacidades indispensáveis à “imposição da vontade de A sobre B”.

Já Foucault, em abordagem mais ampla, ressalta o dinamismo e a universalidade do poder, corroborando sua essência conflituosa, ao mesmo tempo em que o identifica no consenso coletivo. Segundo o filósofo francês, o poder existe a partir de múltiplas interações em variados níveis; provém do Estado, mas também do indivíduo; manifesta-se no público, mas interage com o privado.

Aos analistas políticos e estrategos, porém, faz-se mister aprofundar-se além de “o que é poder”, investigando sua composição e seu inter-relacionamento. Ou seja, deixar a teoria pura e simples rumo à instrumentalização metodológica prática e concreta. Nesse sentido, modelos teóricos/fórmulas do poder têm se conformado como …read more

Leia mais: Forças Terrestres

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close