'
  • Sem categoria

‘Seu deus é Xi Jinping’: uigures são ridicularizados e torturados nos campos de internação chineses por sua fé

Uigures detidos ouvindo uma apresentação de “desradicalização” em um campo de reeducação, em uma foto postada na conta WeChat da Administração Judicial de Xinjiang, Prefeitura de Hotan, Xinjiang, 2017

Por Jeffrey Cimmino

Apesar das repetidas alegações das autoridades chinesas de que os campos de internação cheios principalmente de uigures étnicos são centros de educação profissional, os muçulmanos uigures que sobreviveram aos campos dizem que os presos foram espancados e mortos.

Desde abril de 2017, até 2 milhões de membros do grupo étnico uigure minoritário predominantemente muçulmano da China estão presos em campos na província de Xinjiang, no noroeste da China. As autoridades chinesas argumentaram que os campos são necessários para desradicalizar os extremistas e os compararam às medidas de contraterrorismo adotadas pelos Estados Unidos. Mas dois sobreviventes, que foram apresentados ao Washington Examiner por grupos de direitos humanos, disseram que foram presos sem motivo óbvio e torturados.

Zumrat Dawut, 37, foi uma desses sobreviventes. A polícia interrogou Dawut em março de 2018 em uma sala escura e subterrânea, perguntando por que os registros mostravam que ela tinha contato com números de telefone estrangeiros. Depois de explicar que seu marido, que é paquistanês, administrava um negócio de importação e exportação com clientes estrangeiros, a polícia a questionou sobre sua fé.

Dawut disse ao Washington Examiner que a polícia queria saber se ela ensinava o Alcorão, o texto sagrado do Islã ou a oração em sua casa. Eles então perguntaram se ela rezava na mesquita próxima, embora soubessem a resposta porque qualquer pessoa que estivesse na mesquita precisava escanear seu cartão de identificação. Assustada com a situação, Dawut negou ter ido à mesquita, levando a polícia a prendê-la como mentirosa e levá-la para um campo.

No campo, Dawut foi forçada a vestir um uniforme de prisão na frente de dois homens antes de ser levada para uma …read more

Leia mais: Forças Terrestres

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close